Comentários fechados em Vaga para Psicólogo Clinico para Brigada Móvel (m/f)

Vaga para Psicólogo Clinico para Brigada Móvel (m/f)

Posted by | 25 de Outubro, 2021 | Saude

A Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation (EGPAF) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um Motorista para Maputo

A Fundação Ariel Glaser está a recrutar um Psicólogo Clinico para Brigada Móvel (m/f), para Mueda, em Moçambique.

Descrição
  • O psicólogo clínico trabalha como membro de uma equipe multidisciplinar da brigada móvel que vai cobrir os distritos de Mueda, Nangade e Muidumbe, e sob a supervisão do Técnico de medicina. O psicólogo clínico, em coordenação com a SDSMAS dos distritos coordenará as actividades Apoio Psicossocial na US e na comunidade e realizará as actividades relacionadas ao apoio psicossocial e de ligação entre a Unidade Sanitária, brigada móvel e comunidade, por forma a garantir o acesso e continuidade aos cuidados e Tratamentos as PVHIV e também a população no geral em especial a sub-população de alto risco como os deslocados internos devido aos conflitos militares
Funções
  • Trabalhar com o ponto focal SDSMAS e Unidades Sanitárias autónomas para componente de Apoio psicossocial na brigada móvel e na comunidade para:
  • Capacitar conselheiros leigos, educadores de pares e activistas em aconselhamento e testagem, por forma a melhorar a qualidade de atendimento e retenção de pacientes
  • Apoiar e monitorar os conselheiro leigo no registo das actividades psicossociais na brigada móvel conforme normatizado pelo MISAU
  • Sob orientação do Assessor Clínico do projecto e em colaboração SDSMAS e Unidades Sanitárias autónomas na planificação e facilitação de reuniões trimestrais distritais de coordenação com os parceiros, incluindo os comunitários
  • Sob orientação do Assessor Clínico apoiar aos SDSMAS e Unidades Sanitárias autónomas no estabelecimento de comités de saúde a nível do distrito
  • Realizar o mapeamento de parceiros na sua área de saúde em colaboração com o ponto focal SDSMAS e Unidades Sanitárias autónomas:
  • Coordenar a recolha e compilação das listas de faltosos com prioridade para: MG HIV+, Crianças expostas com PCR +, Co-infectados e faltosos em TARV
  • Coordenar e supervisionar os EP, activistas e/ou outros actores comunitários que fazem a busca activa
  • Estabelecer um fluxograma funcional de recepção e aconselhamento de pacientes recuperados da busca activa dentro da US e na brigada móvel
  • Apoiar na implementação de estratégias especificam e inovadoras de retenção que a serem desenvolvidos e apoiados pela Ariel como:
  • Capacitar e monitorar APEs e activistas de DOT comunitário para o rastreio de HIV e TB a nível da comunidade e realização de testagem familiar a partir do caso índex
  • Distribuição comunitária de ARV´s na comunidade pelos APEs
  • Garantir o rastreio e tratamento dos casos de VBG, com enfoque para crianças e adolescentes e estabelecer ligação com outros actores do processo
  • Promover e monitorar as actividades dos educadores de pares e conselheiros leigos com grupos de apoio MpM, crianças, adolescentes e grupos de apoio e adesão comunitária (GAAC)
  • Operacionalizar medidas inovadoras para:
  • Em colaboração com a enfermeira de SMI e TMG, promover a testagem iniciada pelo provedor ou pelo utente, com enfoque para identificação de crianças e adolescentes HIV+
  • Monitorar a documentação das referências e ligação entre os serviços de testagem para os serviços de TARV
  • Contribuir na elaboração de relatórios mensais e trimestrais relativos a esta componente do programa
  • Sob orientação do Assessor Clínico e em colaboração com os outros membros da equipa da brigada móvel deve optimizar as actividades e trabalhar como uma equipa de uma maneira compreensiva e integrada
Requisitos
  • Formação média em Desenvolvimento Comunitário, Ciências Sociais, Psicologia, Enfermagem ou equivalente, com pelo menos 3 anos de experiência relevante, incluindo implementação e monitoria de programas comunitários de HIV/SIDA
  • Bom conhecimento das políticas e protocolos do MISAU na área de envolvimento comunitário e HIV (PTV e C&T)
  • Experiência em facilitação, tutoria e supervisão formativa
  • Fluente em Português falado e escrito, conhecimento da língua local é fundamental e de Inglês será uma vantagem
  • Experiência de trabalho em apoio psicossocial, trabalho com grupos comunitários, incluindo a formação e desenvolvimento de capacidades das OCBs
  • Experiência na elaboração de propostas e gestão e monitoria de sub-acordos
  • Facilidades de trabalhar em equipa multidisciplinar e comunicação interpessoal
  • Conhecimento em Programa de Computador: Word, Excel, PowerPoint e Microsoft Outlook
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Na Fundação Ariel as vagas não se pagam! Os recrutamentos são conduzidos observando estritamente os princípios de ética, integridade e transparência. A Fundação recomenda e encoraja vivamente a denúncia imediata de quaisquer actos contrários a estes princípios através dos seguintes números +258 84 839 8906 ou +258 84 839 8915
Como se Candidatar

Tags: , , ,