Comentários fechados em Vaga para Técnico de Medicina para Brigada Móvel (m/f)

Vaga para Técnico de Medicina para Brigada Móvel (m/f)

Posted by | 25 de Outubro, 2021 | Saude

A Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation (EGPAF) pretende recrutar para o seu quadro de pessoal um (1) Assistente Distrital de Operações para Inhambane
Spread the love

A Fundação Ariel Glaser está a recrutar um Técnico de Medicina para Brigada Móvel (m/f), para Mueda, em Moçambique.

Descrição
  • Técnico de Medicina Geral estará sob a supervisão directa do asessor clínico do projecto baseado em Mueda e será responsável pela equipa da brigada móvel. Esta figura deverá cumprir normas e procedimentos administrativos da Unidade Sanitária. A assiduidade e pontualidade deverão ser controladas ao nível da Unidade Sanitária como qualquer outro funcionário e a área técnica pelo responsável clínico da US e do assessor clínico do projecto. No contexto de emergência e pós emergências onde será responsável por orientar e supervisionar a implementação de intervenções comunitárias através das brigadas móveis integradas de saúde, ao nível dos três distritos (Mueda, Muidumbe e Nangade) prioritários de alto risco de conflitos militares na província de Cabo Delgado. Tem como objectivo de permitir o acesso atempado e de qualidade cuidados de saúde primários e integrados como assistência clínica a doenças crônicas e agudas incluindo HIV, TB, SMI/PTV, VGB a população no geral e em especial a sub-população de alto risco como os deslocados internos devido aos conflitos militares
Funções
  • Desenvolver abordagens eficazes para fornecer assistência técnica, providenciado cuidados e tratamento para doenças agudas, crônicas incluindo HIV e TB, revelação diagnóstica, APSS, VBG, rastreio de CACUM e trabalhar com equipa técnica dos SDSMAS na implementação de abordagens integradas de cuidados e tratamentos e de TB ao nível das brigadas móveis
  • Apoiar na melhoria do desempenho das brigadas móveis, para os serviços de cuidados e tratamento de HIV e de TB em todas as suas componentes (testagem de HIV, aconselhamento, TARV nos Adultos, actividades de Ligação TB/HIV, identificar e encaminhar-os e contactos de TB a US/BM, garantir o controlo de infecção de TB e nas prevenção de HIV e TB) para um numero crescente de pacientes adultos contribuindo para o alcance das metas da abordagem 90/90/90 (90% de pacientes que conheçam o seu sero estado de HIV, 90% de pacientes HIV+ em TARV e 90% de pacientes com TARV com supressão viral)
  • Providenciar actualização de novas abordagens, réplicas da abordagem de Testar e Iniciar e operacionalização da Implementar soluções para melhorar a retenção dos pacientes HIV+ em C&T e coordenação de estratégias inovadoras no contexto do local prisional e reforçar o diagnóstico, cuidados, tratamento e seguimento clínico/laboratorial dos casos de falha ao tratamento (virológica, imunológica, clínica) no centro de saúde apoiado e contribuir para inclusão de pacientes elegíveis para as 2as linhas
  • Fornecer assistência técnica directa às brigadas móveis com serviços integrados de tratamento do HIV, incluindo capacitação de pessoal, orientação dos provedores das brigadas móveis na melhoria de serviços de laboratório (colheita de amostras de Carga Viral e CD4, BK, GX, Cultura, Bioquimica)e serviços de farmácia(Dispensa Trimestral, fluxo rápido, stock MARVs e de antituberculostáticos) e sistemas de informação
  • Apoiar os provedores das brigadas móveis na análise de fluxo de pacientes, melhoria dos sistemas de apoio à adesão, desenvolvimento ou melhoria de sistemas de referência, etc.
  • Apoiar os SDMAS e participar na realização de comités clínicos distritais para avaliação e seguimento dos pacientes nas brigadas móveis
  • Elaborar os relatórios técnicos conforme as necessidades do programa de HIV e de TB das brigadas móveis
  • Garantir a boa qualidade dos cuidados pré-TARV e TARV, e a implementação da abordagem testar e Iniciar
  • Analisar os indicadores programáticos relacionados a C&T e TB para direccional intervenções prioritárias
Requisitos
  • Ter experiência como Técnico de Medicina Geral
  • Pelo menos 2 (dois) anos de experiência em programas de cuidados de saúde primários, HIV, TB outras doenças agudas e crônicas
  • Vantagem se tem experiência de trabalho no contexto de conflitos militares e nas brigadas móveis
  • Experiência de atendimento clínico é obrigatória (diagnóstico, manejo e tratamento de doenças comuns no país); Capacidade organizacional e para escrever e interpretar relatórios
  • Não ter vínculo com o ESTADO
  • Conhecimento de sistemas informáticos e programas (Word, Excel e PP)
  • Fluência em Português
Notas
  • Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados
  • Na Fundação Ariel as vagas não se pagam! Os recrutamentos são conduzidos observando estritamente os princípios de ética, integridade e transparência. A Fundação recomenda e encoraja vivamente a denúncia imediata de quaisquer actos contrários a estes princípios através dos seguintes números +258 84 839 8906 ou +258 84 839 8915
Como se Candidatar

 24 total views,  1 views today

5 total views, 1 today

Tags: , , ,